49º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro

Classifique essa publicação:
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading...Loading...

Amantes da sétima arte já podem se planejar para acompanhar as atividades do 49º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, que ocorre de 20 a 27 de setembro. Divulgada na manhã desta segunda-feira (5), a programação conta com mostras competitivas e paralelas, workshops, palestras, seminários, lançamentos e encontros, entre outras atividades.

CLIQUE E VEJA A PROGRAMAÇÃO

Maior destaque do evento, a mostra competitiva trará ao público 21 títulos (12 curtas e médias-metragens e nove longas), que disputarão R$ 340 mil em prêmios em 24 categorias. Os nove longas-metragens inéditos vêm de sete unidades federativas: Amazonas, Ceará, Distrito Federal, Minas Gerais, Pernambuco, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro. O primeiro lugar ganhará R$ 100 mil.

De quarta a segunda-feira (21 a 26), serão exibidos diariamente no Cine Brasília (106/107 Sul) obras concorrentes de curtas e médias-metragens e um longa-metragem. Os ingressos custam R$ 12 (inteira). No dia seguinte à exibição, haverá reprise gratuita dessas produções, às 15 horas, na Sala 4 do Cine Cultura Liberty Mall (SCN, Quadra 2, Bloco D).

“Queremos reafirmar Brasília como um grande local para discussão sobre toda a produção relevante do cinema brasileiro”, destacou o secretário de Cultura, Guilherme Reis, durante o anúncio da programação em entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira (5), na Secretaria de Cultura, no anexo do Teatro Nacional. De acordo ele, a edição reforçará a vocação do festival. “É um evento histórico, em que contemplaremos temas como política, questões de gênero e diversidade”, disse Reis. Sobre a escolhas dos filmes, o curador Eduardo Valente, ressaltou que a mudança de seis para nove longas-metragens na mostra competitiva foi uma forma de ampliar a percepção do público. “Tivemos 132 filmes inscritos, vários com muita qualidade, por isso achamos necessário aumentar proporcionalmente o recorde ”, afirmou o cineasta. “Se observamos toda a programação, temos cerca de 30 longas, um belo panorama do que se produz hoje no Brasil.”

Dedicada a cineastas locais, a Mostra Brasília exibe 12 obras originalmente brasilienses, que concorrem a R$ 200 mil em prêmios e ao 21º Troféu Câmara Legislativa. As sessões gratuitas ocorrem em 24 e 25 de setembro (sábado e domingo), das 11 horas às 16h30, no Cine Brasília.

Abertura e encerramento

Abre a 49ª edição do evento o documentário Cinema novo, do diretor Eryk Rocha. Premiado no Festival de Cannes em maio, traz uma perspectiva sobre o movimento cinematográfico brasileiro dos anos 1960 e 1970, do qual o cineasta Glauber Rocha, pai do diretor, é expoente.

Encerra o festival, em 27 de setembro, o longa-metragem Baile perfumado (1996), de Lírio Ferreira e Paulo Caldas. A escolha é uma homenagem ao aniversário de 20 anos da vitória da produção na categoria mais importante da mostra competitiva em solo brasiliense, no 29º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, em 1996.

Mostras paralelas do 49º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro

Duas mostras paralelas e de entrada gratuita poderão ser vistas em horários alternativos no Cine Brasília e no Cine Cultura Liberty Mall durante o festival. Serão dez filmes no total, apresentados em sessões de 21 a 28 de setembro.

A mostra A política no mundo e o mundo da política apresentará cinco filmes que registram bastidores do mundo político ou apresentam personagens que precisam lidar com os efeitos de decisões em que se veem confrontados pelas instituições.

Na Cinema agora!, foram reunidos títulos com baixo recurso de produção, feitos sem patrocínios públicos ou grandes apoios privados.

Durante o festival, haverá ainda sessões especiais. Uma delas será em homenagem ao diretor carioca Julio Bressane, com a estreia da obra Beduíno, exibida pela primeira vez no Brasil em Brasília. O evento também será vitrine para o longa-metragem Câmara de espelhos, da diretora Dea Ferraz, representando Pernambuco. Ambos os filmes serão desdobrados em rodas de conversa e seminários.

Fazem parte da programação do evento outras atividades, como o Festivalzinho (para crianças), debates, oficinas, lançamentos de catálogos, de livros e de DVDs, além da 2° Festival de Filmes de Curta-Metragem das Escolas Públicas do Distrito Federal.

Participaram do anúncio o coordenador de Audiovisual da Secretaria de Cultura, Sérgio Fidalgo; o curador do 49º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, Eduardo Valente; o programador do Cine Brasília, Sérgio Moriconi; e a pesquisadora e cineasta da Universidade de Brasília, Tânia Montoro.

Fonte: Agência Brasília

Comentários:
Blog Sou Brasília

Temporada de quermesse no Templo Budista

Quando chega agosto, começa a temporada da Tradicional Quermesse do Templo Shin Budista de Brasília, que neste ano chega à sua 44ª edição. Todos os anos o templo organiza uma grande festa com comidas típicas japonesas, apresentações culturais de artes ...

Mostra de dança passa por quatro regiões do DF

Diferentes estéticas de dança passarão por palcos nas regiões de Taguatinga, Ceilândia, Samambaia e Sobradinho, durante os meses de agosto, setembro e outubro, no evento beneficente “Dança à Mostra (DàM)”. O tradicional evento chega à sua quinta edição neste ano, ...

Cinema nacional ao ar livre no CCBB

No mês de agosto, o CCBB exibe o melhor da produção cinematográfica nacional dos últimos anos, em sessões ao ar livre e na sala de cinema do local, sempre com entrada gratuita. Do dia 15 a 27 de agosto serão ...